Aspectos da conservação sobre a alimentação de peixes de riachos na Reserva Biológica de Sooretama (Sooretama-ES)

Nome: Débora Ferreira Machado
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 04/07/2017
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Leonardo Ferreira da Silva Ingenito Co-orientador
Luiz Fernando Duboc da Silva Orientador
Luiz Fernando Duboc da Silva Co-orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Érica Maria Pellegrini Caramaschi Examinador Externo
Helen Audrey Pichler Examinador Interno
Leonardo Ferreira da Silva Ingenito Coorientador
Luiz Fernando Duboc da Silva Orientador

Resumo: O presente estudo foi desenvolvido com objetivo de determinar a qualidade da alimentação e relação das espécies de peixes em ambientes preservados e não preservados nos córregos Rodrigues e Cupido pertencentes a uma área preservada de Mata Atlântica na Reserva Biológica de Sooretama, situada no centro-leste do estado do Espírito Santo. Os dados primários foram obtidos nos meses de maio de 2015 a abril de 2016, com a seleção de quatros pontos de estudo, sendo dois internos a reserva e dois externos à reserva (zona de amortecimento). A coleta dos indivíduos ocorreu de forma sistematizada com auxílio de rede de arrasto e peneiras. A qualidade ambiental foi interpretada através do “Índice de Integridade do Hábitat” (IIH) e complementada pela medição de variáveis ambientais, e análise de sedimento. Foram coletados 2410 indivíduos pertencentes a cinco ordens, nove famílias e 20 espécies. Foram analisados 1097 estômagos de todas as espécies coletadas. Por apresentar alta frequência nas coletas e ocorrência em todos os pontos, as espécies Hoplias malabaricus, Astyanax aff. intermedius e Geophagus brasiliensis se mostraram aptas para comparações mais detalhadas entre os ambientes. Na avaliação geral da alimentação com todas as espécies, a riqueza de itens alimentares se mostra maior nos pontos inseridos na reserva, que apresentaram na avaliação do conteúdo estomacal 39 itens, enquanto os externos somaram 28. Na análise de similaridade os pontos do córrego Rodrigues se agrupam e o ponto externo do córrego Cupido se mostra diferente na alimentação em relação aos outros pontos estudados. A sobreposição alimentar entre as espécies da ordem Characiformes apresentam valores acima de 90%, e outras ordens como Siluriformes, Cyprinodontiformes e Labriformes também apresentaram valores elevados. Os resultados indicam que os ambientes externos à reserva, estão degradados devido às ações antrópicas, o que pode afetar os remanescentes no interior da reserva. Algumas medidas de proteção e fiscalização devem ser reavaliadas e executadas para conter o avanço da degradação para possível conservação das espécies de peixes tanto dos ambientes internos como os da zona de amortecimento.

Acesso ao documento

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Rodovia BR 101 Norte, Km 60 - Bairro Litorâneo, São Mateus - ES | CEP 29932-900