PRESERVANDO O AMBIENTE E O SABER POR MEIO DA REVEGETAÇÃO EM ÁREAS DE RESTINGA ANTROPIZADAS E EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM PONTAL DO IPIRANGA – LINHARES – ESPÍRITO SANTO - BRASIL

Resumo: Pertencente ao domínio da Mata Atlântica, as restingas são formadas por um mosaico de comunidades vegetais florística e fisionomicamente distintas e ocupam as planícies arenosas de origem fluvio-marinha de idade quaternária, localizadas na costa brasileira. Estão submetidas à condições ambientais extremas, caracterizadas por altas temperaturas, ventos constantes, elevada salinidade e deficiência em nutrientes. Por esta razão, distúrbios antrópicos e naturais podem causar impactos irreversíveis em ambientes de restinga, devido à sua baixa resiliência. No Espirito Santo, áreas de restinga ainda bem preservadas podem ser encontradas no norte do Estado, resguardando importante patrimônio genético da biodiversidade brasileira. Na tentativa de manter o equilibrio ecológico das formações vegetais da praia de Pontal do Ipiranga -Liinhares, este projeto propõem a recuperação de áreas degradas pelo uso intensivo da zona da praia, por meio de plantio de espécies nativas regionais, cultivadas a partir de diásporos colhidos na faixa litorânea de Linhares. Além disto, propõem-se executar atividades de educação ambiental com estudantes da rede municipal de educação, promovendo a consciência critica sobre a importância de preservação das restingas.

Data de início: 2015-01-01
Prazo (meses): 24

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Aluno Mestrado Cláudio Machado Filho
Coordenador Luis Fernando Tavares de Menezes
Vice-Coordenador Marcos da Cunha Teixeira
Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Rodovia BR 101 Norte, Km 60 - Bairro Litorâneo, São Mateus - ES | CEP 29932-900