Ecologia e Genética dos Euglossina (Hymenoptera, Apidae) do Espírito Santo

Resumo: A composição da fauna e flora da região neotropical sofreu graves mudanças advindas da redução da cobertura vegetal, a ponto de importantes centros de endemismos, como a Floresta Atlântica, terem sua área reduzida a cerca de 7% de sua cobertura original (Myers et al., 2000).
A preocupação com a destruição das florestas, em especial florestas tropicais, fundamenta-se no expressivo número de evidências indicando a perda de biodiversidade sem precedentes, havendo, porém, lacunas no conhecimento sobre o número, distribuição e aspectos ecológicos das espécies que habitam essas regiões, o que impossibilita ter uma noção real da dimensão do problema (Whitmore; Sayer, 1992).
As abelhas-das-orquídeas (Hymenoptera, Apidae, Euglossina), reconhecidas como importantes polinizadores de ambientes florestais na região neotropical (Ramírez et al, 2010), tem sido rotineiramente utilizadas como modelo de estudo para testes de hipóteses ecológicas ligadas à fragmentação florestal (e.g. Tonhasca et al., 2002; Nemésio; Silveira, 2010; Aguiar; Gaglianone, 2012; Knoll; Penatti, 2012). A utilização do grupo como modelo de estudo em hipóteses ecológicas teve aumento significativo após o desenvolvimento de compostos aromáticos sintéticos similares aos encontrados na natureza úteis na atração e captura de machos (Peruqueti et al., 1999), gerando conhecimento sobre taxonomia e ecologia destas abelhas.
No entanto, as Eglossinaes ainda carecem de bastante informação taxonômica o que pode ser minimizado com ajuda de estudos com marcadores moleculares, como os estudos de "barcode" utilizando a região gênica da citocromo oxidase I (COI), Nemésio et. al 2012. Neste sentido, o presente projeto pretende realizar um estudo quem amplie os horizontes da classificação dos Euglossinae através do uso de técnicas moleculares, bem como amplie os horizontes da utilização destas abelhas no estudo de fragmentação florestal e ação antrópica na mata atlãntica capixaba.

Data de início: 2015-01-01
Prazo (meses): 24

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Coordenador Vander Calmon Tosta
Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Rodovia BR 101 Norte, Km 60 - Bairro Litorâneo, São Mateus - ES | CEP 29932-900